terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Blog Claudio Castoriadis: eleito o terceiro melhor blog na categoria arte e cultura do Brasil.


Educar para a libertação, acordar quem ainda dorme enquanto nossas crianças, mulheres, negros, pobres são massacrados por uma política neoliberal frenética. Compreender o mundo a partir de fundamentos filosóficos é defrontar-se com um pensamento intenso e pluralista. Uma análise clínica de conceber o mundo e agir no mesmo. Precisamos trabalhar um novo humanismo. Um humanismo pautado na educação como prática constante da liberdade. O fardo do mundo, o fascínio exercido pelo encanto do capital deve ser quebrado. Foi pensando assim que comecei meu trabalho voltado para cultura, arte, filosofia e política. O que mantém esse Blog em atividade é a minha crença que dia após dia, uma sociedade deveras democrática seria o estado ideal para a resolução de uma dimensão muito mais humana, saudável e sustentável.

O que se esperar de um Blog ou outro veiculo de informação? Libertar, pois, o homem oprimido desta realidade desumanizante, desta “coisificação” de ser “menos” que necessita adquirir a própria dignidade humana perdida, realizar a sua vocação de um ser livre.  É efetivamente a produção de saber sobre o real.  

Nosso mundo atual é dominado pelo egoísmo. É um mundo que se embrutece nas doenças do individualismo, se embrutece por um “sentimento” de vazio e a sensação de algo longe. Ainda tenho muito o que escrever, tenho muito o que estudar, tenho muito o que aprender com o meu próximo. Toda a indiferença uns com os outros se apresenta como doença predominantemente oriunda do discurso Capitalista. São essas doenças do discurso que minha formação humanista é chamada a tratar. Partilhando outras reflexões, suscitadas por seguidores do conhecimento. Francamente? Se por ventura ninguém vem em meu auxílio; eu sei por onde caminhar, ainda que completamente só, submetido a todos os acasos, todas as tempestades que sobrevêm em meus ideais. Ainda assim vou continuar ajudando meu próximo e trabalhando a grandeza da natureza humana. E assim como o mestre Paulo Freire, vou continuar nas comunidades, em minha rua, em minha cidade, em meu continente, em meu mundo, sempre do lado dos oprimidos, combatendo essa realidade desumanizante. Essa vitória não foi apenas minha, dedico esse feito a todos os educadores, todos os cidadãos da minha terra, todas as almas que reconhecem do próximo uma centelha sagrada. Grato equipe Top Blog
                              "A felicidade só é real quando partilhada." (H. David Thoreau)


Por Claudio Castoriadis 

São Paulo, 2013

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..